Reinke

Notícias

produto

6ª Tecnopós – Mostra Tecnológica das Indústrias do Pós-colheita

27/08/2013

Na semana passada, dias 20, 21 e 22, aconteceu na Associação dos Funcionários da Cotripal (Afucopal), a 6ª edição da Tecnopós. O evento foi promovido pelo Arranjo Produtivo Local (APL) Pós-colheita de Panambi/Condor, sob a coordenação da Associação Centro de Inovação Tecnológica (Acitec) e reuniu cerca de 450 visitantes.

Seus apoiadores foram as prefeituras e associações comerciais e industriais de Panambi e Condor, a Agência Gaúcha do Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), a Associação Brasileira de Pós-colheita (Abrapós), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul (Sebrae/RS), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai),  a Unijuí, o Colégio Evangélico Panambi e o Instituto Federal Farroupilha.

Com o anúncio realizado pelo Governo Federal, da disponibilização de R$ 5 bilhões/ano, pelos próximos cinco anos, para armazenagem, previsto no Plano Safra 2013/2014, o evento ocorreu em um momento especial para o setor. Esta iniciativa do governo, bem como, assuntos ligados ao mercado e agronegócio, clima e expectativa de futuro, produção e perdas de grãos, novidades e inovação nos equipamentos pós-colheita, foram os principais temas das palestras.

No dia 21, aconteceu o fórum: Cenário da armazenagem brasileira, mediado pela jornalista Carolina Bahia, com o propósito principal de debater o acesso dos produtores ao programa de armazenagem do Governo Federal. O programa pretende disponibilizar R$ 25 bilhões em financiamentos para produtores que queiram instalar silos ou ampliar a capacidade de armazenamento em suas propriedades.

Nesta edição, aconteceu também a 1ª Mostra das Profissões de pós-colheita, onde participaram alunos ligados às instituições de ensino de Panambi e Condor. A finalidade foi de apresentar aos jovens que já ingressaram ou que irão ingressar no mercado de trabalho, algumas oportunidades de empregos existentes na área de pós-colheita. “Com isso, acreditamos fortalecer cada vez mais a nossa região, visando um futuro promissor”, comenta o presidente da Acitec e coordenador do APL, o empresário Hardi Reinke.

No dia 22, os representantes das empresas ligadas ao APL e autoridades públicas participaram de uma reunião almoço, onde o presidente da AGDI, Ivan de Pellegrin, discursou sobre os cinco eixos da política industrial desenvolvida pelo estado, que são eles: Política setorial, Política da economia da cooperação, Política da firma, Instrumentos transversais e Infraestrutura para o desenvolvimento. Além disso, mostrou as ações do Sistema de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (SDRS) na nossa região e apresentou o Programa Sala do Investidor.

A Tecnopós foi finalizada com uma rodada de negócios, com o objetivo de viabilizar contatos comerciais entre empresas compradoras (médio e grande porte), com empresas vendedoras (micro, pequeno e médio porte). Participaram 15 empresas compradoras e 90 vendedoras.

“Estamos satisfeitos com o resultado da Tecnopós. Conseguimos atrair a expressiva participação de grandes cerealistas e cooperativas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e de outros estados, bem como, de produtores rurais e empresários do setor. Ao idealizarmos o evento, nossa proposta era promover uma grande discussão em torno da problemática que se tornou a armazenagem brasileira atualmente. E esse objetivo foi alcançado com êxito”, finaliza Hardi.

O que é o APL? Os municípios de Panambi e Condor formam a maior concentração de empresas fornecedoras de equipamentos para recebimento, beneficiamento e armazenagem de grãos (pós-colheita) do Brasil. E o Arranjo Produtivo Local (APL) Metalmecânico nada mais é do que a união de esforços entre essas empresas, tornando-as parte integrante de uma articulação competitiva frente aos cenários da concorrência no mercado rural brasileiro e mundial. São cerca de 100 empresas envolvidas, que fabricam e montam equipamentos e instalações para diversas regiões agrícolas do Brasil e da América Latina. 

valtar
© 2014 - Reinke
BR158, Km157,5 - Distrito Industrial - CEP 98280-000 - Panambi/RS - Brasil
Fone/Fax: +55 55 3375-4358

desenvolvido por Matias